Quando a coleção se torna insustentável: de doações à busca por um discípulo

Não tenho mais espaço para guardar meus gibis. Essa é a verdade. Mesmo após mais de um ano desde que saí da casa dos meus pais, ainda não trouxe todas as revistas para meu novo apartamento porque simplesmente não há espaço! Já tentei anunciar as revistas na internet, mas só recebi resposta de curiosos e de sebos, que queriam pagar uma mixaria (R$ 0,50) por edição. Aos poucos fui percebendo que não conseguiria vendê-las. Havia me divertido muito com elas e não poderia trocá-las por qualquer dinheiro. Claro que elas tinham um preço, mas nunca encontrei ninguém disposto a pagar.

Diante de minha incapacidade de vender os gibis, resolvi doá-los para quem não tivesse condição de comprar nas bancas. Hoje em dia quadrinhos são um lazer caro e não é qualquer família que pode se dar ao luxo de comprar gibis para as crianças. Isso é algo muito cruel porque os gibis são uma excelente ferramenta para estimular nas crianças o hábito de ler.

O primeiro lote que separei para doação tinha mais ou menos 500 revistas, só com as revistas mensais da Marvel publicadas pela Editora Abril. A Biblioteca Central do Colégio Pedro II, Unidade São Cristóvão, onde estudei, foi escolhida como beneficiada. A diretora da biblioteca ficou muito feliz com a doação, ainda mais por vir de um ex-aluno (é fato que os ex-alunos de lá têm um caso de amor com o Colégio e eu não sou exceção). O Colégio Pedro II, apesar de tradicional e considerado um colégio público “de elite”, pelo fato da matrícula ser condicionada à aprovação em concurso público, tem um número considerável de alunos cujas famílias são muito carentes. Que aqueles gibis, que tão importantes me foram, possam ajudar de alguma forma o desenvolvimento desses alunos!

Um segundo lote, com mais ou menos 300 revistas, todas da Panini, doei para a Escola Municipal Moreira Franco, uma escola para crianças surdas, em Niterói, onde minha amiga Ana Paula leciona. A ideia da Aninha era usar os gibis durantes as aulas dela. Foi com muita alegria que pus todos os gibis no carro e parti de manhã para Niterói, mesmo sabendo que pegaria um engarrafamento monstruoso na volta. Missão cumprida!

Mas mesmo assim ainda sobraram pilhas e mais pilhas de revistas…

Eu gostaria mesmo era de encontrar uma pessoa a quem eu pudesse entregar todo o restante da coleção. Alguém que também fosse “viciado” como eu, mas que não pudesse arcar com os custos. Alguém que preservasse os gibis com o mesmo cuidado que eu. Em uma biblioteca os gibis atendem um número maior de pessoas, não há dúvida, mas é fato que muitas edições acabam depredadas, intencionalmente ou não. Em suma, gostaria de ter um discípulo que herdasse meu “legado”. E só eu sei como tem sido difícil encontrar um discípulo “digno”.

E enquanto isso, as pilhas de gibis vão crescendo (mais lentamente que no passado, é preciso dizer)…

Anúncios

34 Responses to Quando a coleção se torna insustentável: de doações à busca por um discípulo

  1. Laudomira Trigo disse:

    Sou Diretora de uma escola localizada em Mogi das Cruzes e gostaria de saber se há possibilidade de doações de gibi para montar uma gibioteca para os alunos. Admiro as pessoas que fazem doações
    Grata Lau

    • Nei Barbosa disse:

      Laudomira, fiquei satisfeito com seu interesse em montar uma gibiteca para os alunos de sua escola. No caso de fecharmos a doação, a senhora teria condições de retirá-la aqui no Rio de Janeiro, onde resido?

      Um abraço!

  2. Nany disse:

    Soh pra registrar tambem meu amor pelo CPII!!! 🙂
    Foi lah que um diretor maluco deu asas a cobras: e 3 alunas do segundo grau criaram um jornal do colegio…
    Foi lah tambem que conheci uma professora – tambem escritora – com quem tenho contato ateh hoje…
    Foi lah que tive aulas de filosofia e sociologia e podia conversar com os professores sem ser chamada de maluca!!! :o)
    Enfim… MUITAS historias pra contar. Um dia desses, num cafeh, quem sabe…
    Bons tempos… 🙂

  3. Sergio Rocha disse:

    Como vai Nei, estou começando a “recolecionar” gibis da disney que adorava ler quando era criança. Vc tem sua coleção para vender? Não posso pagar preços carissimos de colecionador, mas tb n quero comprar a preços irrisórios. Caso vc ainda as tenha, por favor se comunique no meu e-mail. Abraços

    • Nei Barbosa disse:

      Olá, Sérgio! Obrigado pela visita!

      Muito bom saber que após tantos anos as histórias Disney ainda permanecem vívidas nas lembranças das pessoas. O grosso das minhas revistas Disney eu vendi a preço de banana para um sebo vagabundo que tinha debaixo do Viaduto de Madureira.

      As que eu ainda tenho, as “sobreviventes”, infelizmente não estão à venda. Têm um valor sentimental imenso, apesar de estarem muito mal-conservadas (na época eu ainda não conhecia os saquinhos plásticos mágicos). Acho que só me desfaria delas se a Abril as relançasse em uma edição de luxo, ou em mídia digital, como muitas editoras americanas de super-heróis têm feito.

      Aquele abraço!

  4. Graciele Gross Klann disse:

    Boa tarde!
    Estamos com uma campanha para ajudar uma entidade que se chama ABA onde ela beneficia 170 crianças e adolescentes de baixa renda, moradores da Comunidade Santa Rita, no bairro Cangaiba, na zona leste de São Paulo. Nesta campanha temos o desafio de doar gibis para a entidade e gostaria da colaboração, por favor, de contribuiççoes de gibis infantis, onde podemos beneficiar muitas crianças com o incentivo a leitura e aprendizagem. Peço por favor entrar em contato para demais esclarecimentos. Muito Obrigada.

    Graciele – Celular 11 8881-5666 ou 3171-6220 ou 4221-3540.

  5. Graciele Gross Klann disse:

    Nei, Boa tarde!

    Acabei de mandar um e-mail para você.
    Muito Obrigada pelo seu retorno.

    Fico no aguardo.

    Graciele

  6. Erick Vinícius disse:

    Tudo bom?

    Não represento nenhuma organização, escola ou etc.
    Sou um colecionador de quadrinhos a cerca de 10 anos (houve uma pausa de um tempo aí no meio). Hoje estou com cerca de 400 gibis, que vão de 1980 até 2009. Caso concorde, gostaria muito de conseguir mais essas revistas que você está doando para colocar dentro dos meus plásticos do meio Armário de HQs ali, hehe.
    Aguardo contato

  7. Lidia disse:

    Boa Tarde!

    Caso ainda tenha um lote de gibis, temos interesse, sou lider de um projeto social junto ao C.A.S.A Centro de Apoio e Soliedariedade a Crianças com Aids, e gostariamos de proprorcionar as crianças que frequentam o CASA a oportunidade de acesso a Cultura.

    Aguardo retorno.

  8. Rodrigo Sava disse:

    Nei, o artigo do UHQ sobre as coleções de quadrinhos realmente foi pertinente. E, graças ao texto, li os comentários, e acabei chegando no seu site. Tenho visto minha pilha de revistas crescer bastante, e já não tenho mais espaço mesmo. Estou sendo mais seletivo, e, aos poucos, me desfazendo do “menos essencial”.

    Um abraço!
    Rodrigo Sava

  9. Rosineila Dias da Silva disse:

    Olá,sou professora de língua portuguesaem uma escola rural no interior de Mato Grosso, mais precisamente em Tangará da Serra, estou escrevendo porque gostaria de receber doação de gibi, como você disse é caro, o diretor tem outras pioridades, que realmente são mais relevantes, (como merenda escolar). Comecei a me apaixonar por leitura com gibis, e gostaria que meus alunos tivessem essa oportunidade, que é tão distante da realidade deles.
    Obrigada!

  10. Pedro Felipe B.de Melo disse:

    Gostaria de uma sugestao voce poderia doar para o Colegio Estadual Olavo Bilac que ter uma boa coleçao de livros mais nao de gibis, e é perto do Colegio que voce estudou, ou poderia doar para mim que sou um colecionador e um preservador da cultura brasileira.

    Obrigado

  11. VANESSA GONÇALVES disse:

    BOM DIA TERÇA-FEIRA 30/03/2010.

    sOU PROFESSORA DE REDAÇÃO E HISTÓRIA EM MARACÁS NO POVOADO DE PORTO ALEGRE, ZONA RURAL VOU LHE CONTAR O MOTIVO DESTE CONTATO, MEUS ALUNOS NÃO CONHECEM UM GIBI EU GOSTARIA DE MONTAR UM GIBIOTECA NA ESCOLA PARA TRABALHAR CON ELES, MUITOS DELES TEM MUITA VONTADE DE CONHECER.

    VANESSA GONÇALVES AGUARDO RESPOSTA.

  12. Delzira Laroca disse:

    Por favor, preciso muito de doações de gibis para a escola onde sou diretora, trabalhamos com projeto de leitura, e os alunos adoram os gibis, temos muito poucos e já estão em mau estado. Minha escola é do meio rural e este ano está com 112 alunos. ficarei muito grata se receber, fico no aguardo e parabéns pela iniciativa.

  13. Miriam Lara disse:

    Olá, boa tarde. Sou professora do Ensino fundamental e atualmente trabalho na Biblioteca de uma escola no interior de São paulo onde os alunos são da zona rural. Nosso acervo é pequeno, temos alguns livros e estamos trabalhando com o projeto de Roda de leitura e a criançada adora gibis. Gostaria muito de receber uma doação ( não precisa ser muitos).
    Desde já agradeço a atenção dispensada.
    Eu e as crianças ficaremos gratosa em sermos atendidos.
    Miriam Lara

  14. Daniele disse:

    Moro em Nova Friburgo e trabalho em uma instituição filantrópica, pnde gostaria de montar uma gibiteca, como faço para conseguir doação de gibis, pois as crianças que eu trabalho ,não possuem condições para comprá-los e eu gostaria de auxiliá-los na leitura e escrita através de gibis. Desde já agradeço. Daniele

  15. Ramiro Carvalho disse:

    Nei, boa tarde, meu amigo! Rapaz, li seu artigo e fiquei muito feliz com sua atitude, tanto com as doações iniciais a escolas, qto a proposta de ter alguém que “herde” o restando de suas coleções. Sou colecionador desde o começo dos anos 80, e por motivos diversos, tive de me desfazer da maioria de minhas queridas coleções. Recentemente peguei as que restaram na casa de minha mãe (todas mantidas desde aquela época em sacos plásticos e em perfeito estado) e estou organizando uma gibiteca em um cômodo espécífico para isso. Caso ainda tenha interesse em conseguir alguém que fique com tudo o que vc tem aí sem espaço e condições propícias, fico à disposição para ir até sua casa e retirar tudo o que deseja se desfazer, ok? Agradeço a vc por tudo e fico no aguardo de teu retorno. Meus melhores votos pra vc e família e um grande abraço!

  16. Ramiro Carvalho disse:

    Neí, por favor fique à vontade para me contactar no email rmcostaml@hotmail.com. Agradeço e permaneço a disposição! Grande abraço!

  17. Miriani disse:

    Bom dia! Sou professora de Ed. Fisica, trabalho na Fundação Casa SP, antiga FEBEM e um dos aspectos mais valorizados nesta nova proposta da Fundação e a escolarização e para isto todos os educadores não medem esforços para alfabetizar nossos jovens.
    Nossa nova arma são os gibis, e através deles estamos alfabetizando jovens com muita defasagem escolar.
    se voce ainda tiver algum gibi em sua coleção, seria bem vindo…obrigado.

  18. Carla Hermann disse:

    Oi Nei,
    assim como vc, meu marido é colecionador e quer doar parte da sua coleção para alguma instituição. procurei por isso no google e encontrei seu blog! vi que várias pessoas se interessaram, mas não deixaram endereço/email pra contato. Vc teria alguma instituição/ projeto para me indicar? Se for uma instituição bacana estamos dispostos a pagar até o envio pelo correio!

    Abraço
    Carça Hermann (21) 8161-3347

  19. Rafael disse:

    Olá,
    Tb tenho uma coleção de gibis e quero me desfazer, mas gostaria de doar para a comunidade, não colecionadores, pois assim muitas pessoas terão acesso aos gibis.
    Caso alguem tenha interesse, peço que me contate no e-mail:
    raphaeltnm@ig.com.br
    Abraços!

  20. suzi disse:

    olá! também tenho uma coleção para me desfazer, mas como o Rafael aí de cima, gostaria de doar para comunidades carentes, gibitecas de escolas, etc…Pois assim, como o rafael falou, mais pessoas teriam acessos a esses gibis! moro no Rio, e deixo meu emai para contato! obrigada!
    suzileozi@hotmail.com

  21. Simone Maria disse:

    Olá. Sou professora da rede pública municipal de São Paulo. Tenho interesse em montar uma gibiteca na escola. Você ainda tem os gibis?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: